29/04/2012

Não sei bem o que fazer


O meu estágio tem muito que se lhe diga...Ora tenho motivos para estar muito satisfeita como ele, como tenho outros que me deixam completamente decepcionada. Ainda não falei da minha orientadora de estágio, nem me vou alagar muito, só quer dizer duas ou três palavras sobre ela. É uma pessoa bastante simpática, gosto muito dela, mas não sei, não consigo criar uma proximidade com ela...É como se ela quisesse manter uma barreira entre as estagiárias e ela própria, não se dando muito...Há várias reacções dela que penso "se fosse eu a orientadora fazia muitooo diferente..." mas lá está, as pessoas são realmente diferentes, e é assim a maneira dela ser...O problema é que assim, nem eu nem a minha colega, ganhamos confiança, coisa que acho fundamental para esta parceria resultar...
Como já desabafei por aqui várias vezes, passamos largas horas sem o que fazer...Temos um relatório para compor, mas nem sabemos por onde começar, e nenhuma de nós se sente realmente à vontade com ela, para exprimir as suas consternações...O tempo vai passado, vamos arrastando a coisa, e passaram dois meses de estágio e praticamente nada feito. 
Mas finalmente resolvi contornar a situação e aplicar-me o máximo que puder, e chama-la sempre que ache necessário, mesmo que não me sinta à vontade com isso.
A minha colega sente-se da mesma maneira que eu, e hoje ligou-me a desafiar-me para que segunda não fossemos estagiar, para termos o fim de semana prolongado. Ora ai está outra coisa que não me sinto minimamente bem em pedir-lhe. Os nossos outros colegas têm toda a facilidade em pedir dias, e saem sempre que querem,  não cumprem o horário normal do sítio onde estão, o que nós fazemos todos os dias. Neste tipo de estágios é normalíssimo isso acontecer, porque precisamos de grandes pesquisas que normalmente são feitas na faculdade, e quando não há nada para fazer, eles automaticamente mandam os estagiários para casa. Mas ali não. Da segunda vez que pedimos uma tarde para pesquisa, ainda ouvimos uma boca do género "ah isto agora é sempre fora..." e nunca mais tive vontade de pedir fosse o que fosse...
Por isso não sei bem o que faça...Peço o dia e aproveito para pesquisa e espairecer um bocado daquele gabinete, ou vou estagiar e espero pelo feriado de terça?

30 comentários:

  1. eu para evitar bocas ia estagiar! mas essa sou eu :)

    xoxo***

    ResponderEliminar
  2. realmente essa é uma situação complicada porque, lá está, vai da forma como as pessoas encaram as coisas e, pelos vistos, essa tua orientadora é muito mais rigorosa que a dos teus colegas.
    de qualquer forma eu acho que devias ir estagiar amanhã, porque além de ficares bem vista por dares a entender que és responsável e dedicada, pode ser que sejas recompensada mais tarde com um dia de folga inesperado :)
    beijinhos e sorte com isso! *

    ResponderEliminar
  3. Querida, acredito que seja mais recomendado ir ao estágio. Essas questões profissionais são delicadas, é preciso ter cuidado para não passar uma má impressão nessa área :)
    Um beijinho!

    ResponderEliminar
  4. No teu caso eu ia para o estagio na mesma.. Senão depois ainda tens de ouvir bocas... Mas e k sabes querida.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. Olá :)

    Pois, eu também iria estagiar na mesma. Sinceramente na minha opinião é o melhor :) Infelizmente eu também já tive alguns estágios em que passava manhãs inteiras sem fazer nada (ou a medir as nossas pressões arteriais, ou a tirar sangue uns aos outros, ou a ver a glicémia, essas coisas) e é mesmo chato :(

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  6. A ressurreição deu sorriso nasceu com o dia
    Ah este inverno que abraça a primavera
    Este céu que arroxa meu peito
    Estas negras pedras plantadas na terra

    O curso do meu errante espirito
    Levou-me ao infinito e ao incomensurável
    Este orvalho das pequenas coisas
    Recorta meu corpo a golpe de cisel

    Ocultei meus sonhos numa porta da eternidade
    Porque o desespero é voo baixo e sinuoso
    Vi ontem dois amantes jurarem uma partilha de vida
    Vi olhos que irradiam luz em gesto assombroso

    Um imenso abraço

    ResponderEliminar
  7. Eu ia ao estágio, é melhor prevenir futuras bocas.

    Bom domingo
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  8. Vai querida, é como dizem mais vale compareceres e demonstrares dedicação no que fazes. Ela pode ser extremamente rigorosa como coordenadora e tu por sua vez só tens de lhe mostrar que és tão empenhada como ele tenciona que sejas. E pronto. Se podias tirar esse dia para ti? Sem dúvida, mas a terça é já a seguir querida. Não desanimes <3

    ResponderEliminar
  9. No teu lugar, eu ia. Tu mesma reconheces que é uma situação complicada se não fores, ela pode usar isso contra ti, alegando que não estas interessada ou algo do género.Mais vale cumprires sempre com as tuas obrigações e não deixar margem para ouvires bocas.
    Bom trabalho!

    ResponderEliminar
  10. Independente da relação que tenhas com a tua orientadora acho que devias de ir ao estagio como uma boa profissional que és e demonstrar que estás empenhada e dedicada no teu trabalho. Só te fica bem :)

    Beijo
    Alice

    ResponderEliminar
  11. Estou de acordo com tudo o que escreveram...vai estagiar e cria boa impressão. Não dês razões para falarem mal do teu trabalho e empenho! Beijinho

    ResponderEliminar
  12. Não sei. Compreendo-te perfeitamente, mas agora tens de ver como ela poderá reagir a esse pedido. Vocês são estagiárias, não escravas.
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  13. Bem, eu no meu estágio não seria capaz de pedir. Mas é mto diferente... é remunerado e estou ali a trabalhar como qualquer pessoa lá dentro.
    Se tu não tens nada a perder e aquilo praticamente não te vai servir para nada, pede!

    mas agora: tens alg coisa importante para fzr 2f? se fosse para não fazer nd, eu acho q não pedia e guardava essa oportunidade para uma altura em q precisasse mesmo... tipo um dia de sol e calor para ir para a praia ou assim :P

    ResponderEliminar
  14. Bom, mesmo que não estejas lá a fazer alguma coisa aproveita para trabalhar no teu relatório. Acredito que seja mesmo aborrecido, já passei por isso também :/

    Beijito Pink :)*

    ResponderEliminar
  15. Essa barreira com a orientadora é complicada... pode ser que com o tempo as coisas evoluam.

    ResponderEliminar
  16. Pode ser realmente que com o tempo as coisas mudem... eu no teu lugar não pediria o dia de folga e esperava por terça-feira!

    ResponderEliminar
  17. vais ver que as coisas vão começar a correr melhor minha querida :)

    ResponderEliminar
  18. As relações laborais exigem cuidado.Nem muito à vontade, nem muita cerimónia.
    Como em tudo, o equilibrio é necessário e difícil.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  19. Acho que devias pedir o dia querida, arrisca ;)

    ResponderEliminar
  20. Realmente essa barreira com a orientadora é complicada, mas pode ser que mude :) Pede até pode ser que não haja problema :)

    ResponderEliminar
  21. Sabes que num local de trabalho não se tem esse tipo de regalias de sair cedo e pedir dias para folgar. Só em casos de saude e afins. Eu tambem ja estagiei e a minha orientadora tambem não deixava ter qualquer tipo de confiança com ela, como era mulher do patrão tinha de impor o seu lugar ali na empresa, o que em parte acho um disparate. É claro que temos de ter uma posição, mas um clima mais sereno e amigável nunca fez mal a ninguém, mas também há pessoas que abusam e talvez seja por isso que ela não dava confiança. Mas sofri muita pressao no escritorio por causa disso, de nao haver um ambiente descontraido. Então sentia me presa. Em relação a ti, tu é que sabes se deves pedir folga ou não, eu no teu lugar nao pedia. E se pretendes arranjar emprego nessa empresa, faz de tudo para o conseguir e o patrão gosta de trabalho, trabalho e trabalho.

    ResponderEliminar
  22. Eu punha os pratos em cima da mesa... e logo via no que dava!!
    Se calhar até é uma questão de começarem a falar e se abrirem um pouco uma com a outra!
    Boa sorte e beijinhos,

    ResponderEliminar
  23. Não sei bem quais são as contrapartidas de pedires o dia mas...tem cuidado, pondera bem se vale mesmo a pena. Afinal, na terça-feira é feriado.

    ResponderEliminar
  24. Acho que devias ir ao estágio, assim não lhe dás motivos para ela poder implicar contigo :)

    ResponderEliminar
  25. Se a tua orientadora for uma pessoa acessível, mesmo que não tenhas muito à vontade com ela, explica-lhe a situação e pede-lhe o dia. Visto que tens muito trabalho de pesquisa para fazer, diz-lhe isso mesmo e vês o que te diz.
    No meu estágio pedi uma semana de férias no Natal, e deram-me sem problema. Estava a estagiar em Lisboa e não sou de lá, para não estar a vir para casa no dia 24 deram-me esses dias, e além disso também não havia muito trabalho.
    Eu também tinha essas horas sem nada para fazer, e como tinha o meu relatório/tese para escrever, pedi que me reduzirem o horário diário. Passei a sair 1 hora mais cedo, e também nunca me disseram que havia problema.
    Claro que tive imensos problemas no estágio, como até já te contei, mas nesse sentido o meu orientador foi sempre impecável.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não precisas agradecer por nada, eu já estive desse lado e sei bem como é, no que puder ajudar...
      Eu entendo as vossas dúvidas em pedir ou não pedir. Mas sempre aprendi que pedir não ofende e que o não é sempre certo.
      Não têm nada a perder!

      Eliminar
  26. Muito sinceramente se eu estivesse no teu lugar ia estagiar...mas isto é só a minha opinião...

    http://styleloveandsushi.blogspot.com

    ResponderEliminar