26/07/2012

Isto não está fácil!


Os dias de *erda teimam em não passar! Ontem pela manhã recebi um mail do meu orientador (que finalmente me respondeu) a dizer que não se justifica eu atrasar a entrega do relatório de estágio, e que o devo fazer em Setembro. Que pelo que viu escrito (30 míseras páginas) diz que tenho condições para entregar um óptimo trabalho daqui a dois meses. Pois. Ele só não sabe que tenho um namorado que se vai embora em Agosto, e que por isso não vou trabalhar um mês inteiro. Também não deve ter percebido que tenho de fazer um projecto que não está nem começado, e uma parte teórica que tem 0 páginas neste momento! Mesmo se eu trabalhasse em Agosto como conseguia entregar o trabalho? É que agora está nas mãos deles! Ou ele me passa o parcer e tudo muito bem, ou não passa e eu não sei o que faça!
Para melhorar tudo, o namorado soube que a sua partida não é dia 26 de Agosto mas sim dia 22, ou seja pouco mais de três semanas! Ele realmente não podia ir em pior altura!
Desculpem lá se este blog anda meio deprê mas os dias não andam nada fáceis!

18 comentários:

  1. Oh qual desculpa qual quê pequena :(
    Realmente que há muita falta de te ajudar com o teu trabalho é o que tenho percebido ultimamente. Mas tu bate o pé querida! Faz barulho... não te deixes dar por vencida. Eu não sei como funcionam essas coisas, mas à partida se tens um orientador é para ele te ajudar. Creio eu!!!
    Enfim... vá, tem calminha princesa. Dias melhores virão! E enquanto assim não for, cá estaremos para ti <3 Beijinho grande*

    ResponderEliminar
  2. Minha querida,não desanimes.
    Agarrao trabalho e faz o relatório, já.
    Quantomais despachares,menos pressão terás na altura.
    Ainda estamos em Julho, agarra-te ao computador e começa a escrever até te doerem os dedos.
    Já sabes que quando o namorado se for não vais ter cabeça pelo menos um dia ou dois.
    Vamos ao trabalho.
    Toma lá um abraço apertado e força, coragem, és forte, muito forte.
    beijinho grande.
    P.S. Ofereço-te um selo. Talvez te anime. Vais buscá-lo?

    ResponderEliminar
  3. Ohhh, se cahar o melhor é tentares falar melhor com esse orientador de maneira que ele preceba que neste momento não tens condições para fazer o que falata da tese em tão pouco tempo. Bem sei que por vezes os orientadores não querem saber de nada disso, e também não te estou a dizer para lhe explicares os teus motivos pessoais, porque ele provavelmente não ía ligar nenhuma e achava que eram apenas desculpa para não trabalhares a sério na tese, mas explica-lhe que se ele quer que tenhas uma boa nota têm que te dar tempo para poderes desenvolver um bom trabalho. Boa Sorte.
    E aproveita bem estas três semanas de namorado.
    bjs

    ResponderEliminar
  4. Ena...
    Isso está complicado. Mas sei que darás a volta a toda essa situação. com um excelente trabalho. Um dia de cadavez. Vai guardando uma horas para adiantares o trabalho e... nada de desesperos!
    Há alturas em que temos de fazer "das tripas coração" e arranjar forças não se sabe vindas de onde, porém dias melhores virão.
    Um grande grande "hug" e muitos beijinhos.
    Força!

    ResponderEliminar
  5. Txiii... há dias de cão mesmo!... Mas vai ver que vai correr tudo bem ;) Nós conseguimos sempre! ;)

    ResponderEliminar
  6. Acho que este é mais um desafio que vais passar sem problema nenhum, pois já vi que és mais do que capaz para isto tudo e muito mais, força!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  7. Minha queridinha: tá tá tá, pois...
    Estou como a Pérola. Já pó relatório!!!
    O namorado vai...e volta.:)
    Pior a Penépole que esteve anos e anos à espera e sobreviveu. Ah!
    Beijinho.

    Matilde.

    ResponderEliminar
  8. Olá :)

    Realmente não têm sido tempos fáceis :( Mas já seria de esperar não é, é uma altura complicada da tua vida :(

    Tenta adiantar o máximo que conseguires agora :)

    Beijinhos e muita força :)

    ResponderEliminar
  9. realmente, não está nada fácil. tenta aproveitar os momentos que não estás com o teu boy para trabalhar um pouco, custa mas tem de ser. e depois aprovieta muiiiito o teu fofinho!

    ResponderEliminar
  10. Realmente também posso dizer que os dias não andam nada fáceis mesmo...só espero que melhore rápido :) vai melhorar!

    ResponderEliminar
  11. Dá para entender perfeitamente o teu estado querida, realmente não está nada fácil!Mas sabes uma coisa?eu acredito que tu consegues, que tu vais aguentar, és forte e sim tens que acreditar que é possível...estamos todos a torcer por ti e sempre prontos para ler os teus desabafos :)

    Força querida *

    ResponderEliminar
  12. oh coitadinha querida, melhores dias virão! ao menos já tens alguns projectozinhos de trabalho, pensa positivo :)

    ResponderEliminar
  13. Pensa positivo! Eu gostava de te poder ajudar nessa situação, mas não sei o que te diga mais :/
    Beijinhos *hugging you*

    ecoutemoiregardemoi.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  14. Está mesmo difícil, e o teu orientador não está a ajudar nada. Percebo perfeitamente o que estás a sentir, espero que consigas resolver tudo pelo melhor! :)
    Um beijinho querida **

    ResponderEliminar
  15. Oh minha querida nem sei que te diga :( imagino como te sentes, coitadinha! Mas deixa lá, tem calma e vais ver que tudo se resolve...acho que deves dizer ao teu orientador que não te sentes preparada para entregar o trabalho e inventa qualquer desculpa que tás a trabalhar em part-time em Agosto, campos de férias, uma cena assim! beijinho grande e que tudo corra pelo melhor **

    ResponderEliminar
  16. Sim, as coisas parecem negras mas com força de vontade tudo fica mais fácil.
    Não desanimes vá lá. Procura arranjar aí umas 2-3 horas por dia para avançares com o trabalho e no resto do tempo, fazes as outras coisas todas que queres. 3 horas não é muito, mas se fores disciplinada vais conseguir, nem que tenhas de dormir menos, depois pagas o perdido. Boa sorte. Jinhos :D

    ResponderEliminar
  17. Se queres um conselho, faz pressão sobre o teu orientador até ele te dar essa autorização para entregares mais tarde, pois ninguém melhor do que nós sabe se o tempo é suficiente ou não.
    Eu relação à situação do teu namorado, lamento querida, mas tenta não sofrer por antecipação.
    Beijinho.

    ResponderEliminar