26/09/2012

It's not easy!


Ontem o dia não foi especialmente feliz. E eu com a mania que tenho de desconstruir tudo o que sinto pus-me a pensar, porque raio sentia eu um peso tão grande no coração ontem? Bem...acho que cheguei a uma conclusão...Se eu pensava que voltar à escola, um ambiente tão meu conhecido, e à tese, me iam fazer distrair um pouco mais, estava enganada! É como se o tempo de escola pertencesse a um passado no qual já não pertenço, cheio de gente que não me diz nada...ora a tese faz-me lembrar de coisas boas, o namorado a ajudar-me com a maior paciência pois percebia do tema, os meus amigos que já não estão por cá...E agora não tenho nada disso...pelo menos não fisicamente...Foi como se fazer a tese fosse remexer num passado ainda fresco, que me faz relembrar coisas boas mas que, como não as posso ter para já, só me fizesse o coração pesar...E só de pensar que ainda tenho 6 meses de tese pela frente...E porque me sentia eu tão feliz no trabalho onde estava? Porque era algo novo, algo que eu não associava a ninguém, onde estava a criar as minhas novas vivências e memórias...E agora mergulhei num grande ponto de interrogação...Aquele mês para mim foi tão tão bom! Foi a única coisa capaz de tirar a minha cabeça do namorado e da sua falta, eu nem achava normal estar tão serena, tendo em conta tudo o que se passou...Mas já passou um mês sobre a ida do namorado, e agora sim as saudades começam a bater A SÉRIO...Sinto um vazio muito grande, falta um pedaço de mim, sinto-me sozinha, estando quem estiver perto de mim...Eu sei que tudo isto é normal de sentir na minha situação, mas é uma situação tão nova que ainda estou a aprender lidar com ela...E depois lá está, tenho aquela mania de não crer preocupar ninguém...Por isso aos olhos dele, da minha família, dos meus amigos, até de vocês, está tudo bem...mas na realidade não é bem isso...Sofro sozinha para não incomodar, e isso ainda faz com que doa mais...Não é defeito, é mesmo feitio, e cá me parece que já não o consigo alterar!
Mudando um pouco de assunto, resolvi explorar alternativas! Se quiser ir para o Dubai, tenho de ter experiência, seja na área do turismo (onde é mais fácil lá encontrar emprego) ou na minha área. Então lembrei-me: os meus pais trabalharam toda vida na área do turismo, a minha mãe trabalhou em tudo o que era hotel e aldeamento de 5*, devem ter os seus connects...Assim sendo pedi à minha mãezinha para contactar todos os seus connects, sejam em recepções de hotéis dos Algarves, seja em campos de golf (tem mais a ver com a minha área)...Nem que seja para ir praticando o inglês, e conhecer gente diferente e influente...Sim porque nesses sítios o que mais se conhece é gente influente...quem sabe não arranjo nada a partir daí? E é isso minha gentxi explorar alternativas, e nunca desistir..Entretanto é rezar para que aquela dorzinha miudinha não me corroa por dentro ;)

29 comentários:

  1. Força ;) Irás encontrar outra coisa para fazer.

    ResponderEliminar
  2. Vais ver que vai correr tudo bem e que logo logo vais estar com ele novamente!
    Essa ideia de pedir uma mãozinha à tua mãe é óptima, porque assim podes ir "entrando" mais na àrea do turismo, mais que não seja apenas para ir treinando o inglês e para te distraires!
    Espero que fiques melhor! =)
    Um grande beijinho*

    ResponderEliminar
  3. Olha que giro (mais ou menos giro pronto :) ) apesar de ser por motivos diferentes estamos as duas a "sofrer" com um ponto de interrogação :/ há fases na vida em que nos perguntamos mas como é que isto aconteceu se ainda ontem estava tudo normal? Mas temos que enfrentar tudo de cabeça erguida porque isto só nos faz crescer :) Em relação aos contactos da tua mãe, acho muito bem que tentes por aí porque é como dizem, uma pessoa com contactos tem tudo :) Boa Sorte! beijinhos

    ResponderEliminar
  4. É esse o espírito: mexer, encontrar alternativas. E vais ver que num abrir e fechar de olhos as coisas vão estar melhor :)

    ResponderEliminar
  5. Força há que procurar soluções :)
    bjinhos

    ResponderEliminar
  6. O que estás a sentir é completamente normal, mas acredita que com o tempo acaba por doer um bocadinho mais e é mesmo esse o truque: explorar alternativas, manter-te ocupada. Acho que fazes muito bem, bola para a frente!

    ResponderEliminar
  7. Acho uma excelente ideia explorares essa alternativa!!

    Força aí! Beijinhos =)

    ResponderEliminar
  8. É assim mesmo! Quando deres por ti o sonho do Dubai estará mais perto :)

    ResponderEliminar
  9. Força para enfrentares esta fase menos boa, e fazes muito bem em procurar alternativas, não desistas . :)

    bjs

    ResponderEliminar
  10. eu suponho que o teu comentário era relativo ao desafio, estou correcta?

    ResponderEliminar
  11. Acho que fazes muito bem, conheço muita gente aí para baixo que trabalha no ramo da hotelaria e gostam, por isso boa sorte querida *

    ResponderEliminar
  12. Great! Love your blog. Would you like to follow each other via Facebook, gfc or more?

    www.modishYou.blogspot.com

    ResponderEliminar
  13. É isso mesmo que tens de fazer, só te desejo boa sorte e muita força!

    ResponderEliminar
  14. Nem mais! Para a frente é que é o caminho :D

    ResponderEliminar
  15. Eu voltei à escola ao fim de 15 anos. Depois de um casamento e duas filhas!

    ResponderEliminar
  16. Obrigada por seguires :3 e cabeça erguida sempre!
    beijinho C:

    ResponderEliminar
  17. Oh querida... eu que desisti do curso por 2 anos...basicamente e resumidamente...para nao falar de outras coisas mas que nesses anos aconteceram... vejo m rodeada de pessoal mt mais novo.. cm pinta d kem nem menstruaçao tem... mas olha ..tem k s andar para a frente...conehcer gente nova!!!
    Rotinas novas... criar novas memorias num local do passado doloroso... custa me imenso mas as coisas melhoram.. vais ver*******

    ResponderEliminar
  18. Ohhh, dias melhores estão para vir, vais ver! Não te deixes ir abaixo!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  19. Ainda bem, o que vale é que não cruzas os braços e assim deve ser! Boa sorte!

    ResponderEliminar
  20. Força nisso :)
    Só não te deixes ir abaixo,6 meses passam rápido.

    ResponderEliminar
  21. Acho que precisas do teu tempo, com calma tudo volta ao devido sítio :)

    É isso mesmo, nunca desistir :)

    Beijito* grande

    ResponderEliminar
  22. Percebo perfeitamente como te sentes porque eu também sou assim: tenho tendência a ir guardando as coisas para não preocupar os outros. Digo-te já que pela minha experiência isso não é nada bom, nem para nós nem para os outros ;)

    Ainda bem que estás a arregaçar as mangas :) Espero que tenhas muita sorte :)

    Beijinhos :D

    ResponderEliminar
  23. Foi o primeiro dia e o primeiro impacto. Vais ver que as coisas vão melhorar. E é super normal estares triste e com saudades de momentos felizes que já viveste e principalmente do teu namorado. Por isso mesmo não deves guardar tudo só para ti, pois dor partilhada, dor atenuada. E quanto ao Dubai, acho bem estares a explorar novos caminhos!:) Força nisso, beijinhos*

    ResponderEliminar
  24. Qualquer coisa que precises, eu estou aqui :) Podes falar comigo, se quiseres! Beijinho

    ResponderEliminar
  25. Então tristinha de novo?? Não pode ser, toca a reagir e a ser forte ;) Tenta pensar positivo, vais ver que vais conseguir um trabalho ou uma ocupação que não te faça tanto pensar nas coisas e vai correr tudo bem! Bjinhos***

    ResponderEliminar
  26. Eu tinha esperança que tu me dissesses que também te acontece o mesmo com as unhas. Como não se confirmou, fiquei a perceber que sou mesmo uma ave rara! lool

    ResponderEliminar
  27. oh querida, imagino qe essa sensação de remexer em tudo o qe traz lembranças não deva ser nada fácil.. mas é assim qe vais ficando forte :) e adoro qe estejas a explorar alternativas, é mesmo o qe temos de fazer agora e mesmo a mais pequena oportunidade pode esconder algo muito bom!! :)

    ResponderEliminar
  28. Eu o ano passado quando tive de voltar à minha escola depois de já estar na faculdade senti-me tão deslocada e aquilo uns meses antes era o 'meu mundo'. Foi estranho.
    Realmente, achava estranho estares tão bem em relação ao namorado. Não digo não teres saudades, digo a serenidade e como estavas a viver tudo tão bem.
    Mas da minha parte, não me importo nada de te aturar.
    Boa sorte com os connects da tua mãe :D

    ResponderEliminar