27/10/2012

Ainda do meu pai

Definitivamente é ao contrário =P

Bom diaaa!!! Meninas aproveitem bem o fim de semana! Se há coisa que adoro fazer quando o friozinho vem, é ficar horas infinitas na cama...é isso que vou fazer hoje, nem que seja para aclarar as ideias! 
Ontem muitas de vocês comentaram o facto do meu pai me ter "proibido" de ir a Londres sozinha, mas eu tenho de vos apresentar melhor esta personagem ahah! Ora bem, eu nunca fui menina do papá, cá em casa tanto há um menino da mamã, como uma menina da mamã. O meu pai nunca me fez vontadinhas, nunca veio desautorizar a minha mãe, e nunca levou bem qualquer coisa que implicasse ficar muito tempo fora de casa. Tanto que quando eu queria sair à noite nos tempos de liceu, ouvia uns 5 "não" antes de conseguir o sim. Não sei devia-lhe dar piada dizer não, então nunca me deixava nada à primeira...Então e negociar horas para chegar...UI! O remédio santo foi quando entrei na universidade...Acabou-se os horários para chegar a casa, e ele teve de se habituar...O ano passado cheguei a casa já beeem de madrugada, e não via nada à frente (tal era a bebedeiraa) escusado será dizer que fiz uma barulheira do caraças, e no dia seguinte tive de levar com as piadolas dele!! Esse tipo de coisas já ele leva bem! Ele não é assim tão intransigente, só tem pancas!! Quando comecei o namoro sério com o meu amor ele não aceitava por nada...Nem queria ouvir o nome dele!!! Mas tem muita piada, porque depois era vê-lo mandar bocas futubolisticas ao namorado, partidárias, dava-lhe bilhetes de futebol, para concertos...Eram Best friends!! Melhor de tudo foi quando o ano passado ele meteu na cabeça que eu não ia a Lisboa de carro com um amigo meu, que não queria "um gandulo qualquer ao volante" LOL. Só me diz assim: "Só vais se o N. for"...Ora como ele me ia bancar a viagem lá tive de aceitar, e não foi nada desagradável passear por Lisboa com o meu amor! Agora que ele não está cá deu com uma: "Tu ve láaa a que horas vens, não te gosto com o carro fora até de madrugada", ao que eu obviamente reviro os olhos e digo "sim sim..." Obviamente que chego quando tenho de chegar, era o que faltava que com 24 anos fosse ficar em casa porque o paizinho não deixa...Eu sou uma pessoa bastante responsável, por isso não há abusos...E só respeito mais os "nãos" e exigências dele porque verdade seja dita, moro na sua casa. E também vos digo que se eu quisesse mesmo ir sozinha a Londres, ia e não era ele que me impedia...mas tendo eu a mania da organização, não era capaz de me por numa aventura sem ter certezas do que fazer, onde e a que horas...É que panicava logo! Comigo tudo organizadinho, por isso depois da primeira viagem já posso fazer as outras sozinha...E se o meu pai embirrar? Fujo pela janela ahah!

24 comentários:

  1. compreendo perfeitamente. agora já não, mas antigamente o meu pai proibiu.me algumas vezes de fazer certas coisas, p.e, de sair enquanto andava na secundária. isso mudou completamente quando fui para a universidade, teve de se habituar e foi se quis ;p quando comecei a namorar ele sempre aceitou muito bem, mas só pudemos ir de férias só os dois passados dois anos de namorarmos lol pancas. pai e pai, acredito do fundo do coração que não façam por mal, apenas têm medo que algo mau nos possa acontecer, e como somos meninas pior. o meu namorado diz que compreende muito bem o meu pai e que se tiver filhas nem as deixa estar sozinhas no quarto com o namorado LOL cromo

    ResponderEliminar
  2. Quantas vezes o meu pai me foi buscar à discoteca de madrugada... :). Agora gabo-lhe a paciência da altura :)

    ResponderEliminar
  3. Comigo nessas coisas eram o dois, embora por razões diferentes. Mas sempre me dei bem melhor com o meu pai do que com a minha mãe. E quando comecei a bancar as minhas saídas, não houve mais problemas, bastava avisar.

    E organiza-te bem e vai. Se não for mais ninguém contigo procura informações na net e vai ter onde é suposto. Estuda as linhas do metro e assim :)

    ResponderEliminar
  4. O meu também é um pouco assim, mas dou-lhe sempre a volta! Fugir pela janela é uma boa opção =) Bjinhos***

    ResponderEliminar
  5. Olá
    bem á quanto tempo eheh
    oh cá em casa também é um pouco assim, mas ultimamente não tenho saido muito já me perguntam porque..


    beijinhoo

    ResponderEliminar
  6. Eu sempre fui a menina do papá :), ele nunca me deixava dormir fora de casa com alguma amiga, só muito tarde me deixou ir à discoteca, ia buscar-me a todo o lado e era como o teu pai, primeiro vinha um não :p, a minha mãe não conseguia fazer nada, ela bem tentou sempre convence-lo mas ele ficava hiper preocupado :p. Tal como contigo, as coisas mudaram muito quando fui para a universidade, até porque in morar para longe de casa e ele habituou-se (se bem q quando ficava doente no inicio, ele vinha a corre 300km para me ver :), sinceramente, eu gosto de ser menina do papá hehehe, claro q na altura n achava piada, mas agora até gosto de o chatear com isso :p! E ainda no outro dia neguei a casa depois de uma festa com uns copiados a mais e não consegui abrir logo a porta e ele brincou imenso comigo, acho q até nisso os nossos pais são parecidos! Com viagens foi igual, e eu tenho 25anos, moro com o meu namorado e ele ainda se preocupa como s estivesse com eles em casa :p, com viagens foi igual...agora estou a trabalhar e faço viagens todos os meses quase e então ele está habituadissimo :)! Vais ver que o teu pai vai entender o quão importante esta viagem é pra ti e vai deixar-te ir ;) eu acho q é giro seres a menina dele :)
    Beijinhoooo e bom fds

    ResponderEliminar
  7. Hahaha fugir pela janela é sempre uma boa opção Pretty :P

    Confesso que já viajei umas quantas vezes, mas confesso que nunca sozinha! No entanto, por exemplo a Londres, já fui duas vezes com os papás, adoro, é lindo de morrer... E esta terceira, estou a planear ir sozinha ou com uma amiga! Uma coisa é certa, o papá não panicou haha até apoia, mas acho que é um pouco porque por terras Londrinas eu já me sinto à vontade!

    Fala com o teu papá Pretty, vais ver que é a falar que vocês se entendem e ele deixa de "mandar vir" com alguns pormenores!

    ResponderEliminar
  8. Por acaso os meus pais sempre foram liverais, mas também sou uma menina responsável, não dou oportunidade de dizerem ao contrário :) Fugir pela janela é sempre uma boa opção :P nunca o fiz, porque nunca tive necessidade, mas na tua situação que é algo importante não sei não :P Ehehe

    ResponderEliminar
  9. Deus me livre. Entrei na faculdade em 1991 e nem antes disso o meu pai me punha essas restrições. Nem a minha mãe. São muito conservadores mas sempre foram muito "porreiros" no que a saídas diz respeito!

    ResponderEliminar
  10. Por acaso comigo sempre foi como na imagem :P

    ResponderEliminar
  11. Por acaso comigo nunca aconteceu, o meu pai sempre me deixou fazer tudo, nunca foi assim de "nãos", já a minha mãe é mais controladora.

    ResponderEliminar
  12. Nunca tive esse tipo de controlo (nem nenhum) e por isso sempre fui tão ajuizada, os controlos a mais às vezes dão mau resultado...mas acho que os pais nunca se mentalizam que nós crescemos...para eles somos sempre crianças, é incrível!!!

    beijinho****

    ResponderEliminar
  13. LOL os meus pais, eram basicamente assim, davam-me "naos", mas la insistia, e la vinha o sim :) agora com 27anos, quase 28, mal era :P

    ResponderEliminar
  14. o meu pai é igual ao teu... nos tempos de liceu andava a semana toda a perdir para sair no proximo fim de semana e levava com "nao" todos os dias so mesmo no proprio dia é que dizia "sim"... dava-lhe gosto lol
    mas agora é na boa, faço o que quero mas sempre com respeito

    ResponderEliminar
  15. Os pais acima de tudo preocupam-se connosco, têm essas embirrices é verdade, mas muitas das vezes é para o nosso bem. Eles confiam em nós, não confiam é nas outras pessoas que podem muito bem colocar-nos em maus caminhos. E não falo de influencias, mas sim de perigos que andam pelas ruas fora.

    ResponderEliminar
  16. o meu pai é igualzinho! mas eu claro que sou muito mais nova que tu, só tenho 16 anos xd mas ele embirra com tudo que é horario para sair ou chegar a casa. é uma chatice! mas também só respeito os nãos porque vivo em casa dele e ainda não sou maior de idade, senão!! xd

    ResponderEliminar
  17. uma coisa fazes bem: respeitá-lo, porque moras na casa dele!
    outra coisa que fazes bem é planear tudo bem para evitar ao máximo os imprevistos e deixares todos (incluindo a ti mesma e ao teu pai!) sossegados! Os problemas não acontecem só aos outros. E é isso que o assusta! porque por muito descontraído que seja, és a menina dele.

    ResponderEliminar
  18. Os pais só querem o nosso bem, por isso acho sempre que devemos respeitar as opiniões deles e tentar entender, mesmo que não concordemos. Se Londres for mesmo o teu sonho, força nisso... mas não te zangues com o pai por causa disso.

    ResponderEliminar
  19. Nunca tive esse controlo!!! :)

    http://www.facebook.com/estilohedonico
    http://estilohedonico.blogspot.pt/

    xoxo

    ResponderEliminar
  20. Os pais querem o melhor para os filhos, pelo menos o que eles acham que é o melhor.
    Eu tive uma adolescência muito dificil, e só comecei a ser feliz quando me casei, mas não culpo os meus pais, eram épocas dificeis, e eles foram criados de outra maneira que eu hoje não faço com o meu filho.
    Mas com o meu filho, eu sou totalmente diferente, tenho plena confiança nele, e sou eu própria a impulsionar determinadas saidas, ainda há poucos dias lhe ofereci um inter rail, que eu adorava ter feito, mas ele não quer ir sózinho e os pais dos amigos não os deixam...

    ResponderEliminar
  21. Mas será que somos irmãs e ninguém nos avisou?! eheh nãão...o meu pai é exactamente igual, chocamos taaanto à conta disso! Mas sinceramente, não o queria diferente. Nunca deixei de fazer nada que quisesse mesmo, é tudo uma questão de negociar, e ter sempre toda a responsabilidade do mundo para não lhe dar razões de queixa - e mesmo quando se chega bêbado a casa, há toda uma desculpa de "bêbada, mas não muito" a criar :p

    Para ser sincera, prefiro 1000 xs isso a ter tido uns pais super liberais e que me fizessem as vontades todas, e depois à conta disso sair uma "pitinha mimada", como tantas que se vêm por aí - que não me leve a mal quem for assim! Se tenho orgulho no que sou hoje é graças aos meus pais - à minha mãe que sempre me apoiou em tudo, com juízo, claro, e ao meu pai que sempre me levou aos limites da minha paciência e compreensão do comportamento humano eheh :D

    Quanto a ir a Londres....se fugires pela janela deixa um bilhetinho fofo ao teu pai a pedir desculpa e a dizer que já voltas :p lool

    ResponderEliminar
  22. Não sei o que é ser menina do papá porque não o fui, bem pelo contrário e a partir dos meus 18 anos os meus pais deixarram de se meter na minha vida a bem ou a mal começei a ser desde então responsável por mim. Mas entendo o teu pai e a sua preocupação embora pela tua idade no ínicio a tenha achado um pouco excessiva, mas como dizes e bem estás em casa dos teus pais e como tal há que ter respeito pelas suas ideias e "exigências", e depois com jeitinho de filha tudo se consegue. ;)

    bjs

    ResponderEliminar
  23. Faz o papel de pai. Mas não de forma bruta, felizmente. :)

    ResponderEliminar
  24. Eles querem o melhor para nós e é normal que se preocupem, embora por que por vezes nós não compreendemos isso!
    :-))

    ResponderEliminar