08/11/2012

Meu rico soninho!


No ano lectivo de 2010/2011 cometi alguns excessos. Não foi bebedeiras nem nada ilegal, foi mesmo atingir o meu limite em termos de cansaço. O meu curso sempre foi puxadote, mas no mestrado a coisa piorou e muito. Basicamente durante esse ano dormi 4 horas por noite, todas as noites, e isso acabou comigo. Eu só vinha a casa para dormir, passava o tempo na faculdade, ou na casa de colegas a trabalhar. Chegava tarde, já não via os meus pais, e saia de casa primeiro que eles. Sim também é verdade que compensou, tirei notas excelentes, mas andava completamente esgotada. Parecia que estava completamente drogada. Passava dias com vontade de me jogar para o chão e dormir, de olhos semi abertos e sem reacção para nada. Se me encostava onde quer que fosse adormecia. Sei que abusei, e por isso no Verão seguinte tentei recuperar ao máximo. Por acaso foi um Verão intenso, fui bastante à praia, e sempre que me refastelava na toalha dormia e dormia...passei um Verão inteiro a dormir para recuperar...Mas uma coisa vos digo, nunca mais fui a mesma.
Esta semana está a ser bem cansativa, mas nada que não aguentasse antes...Tenho acordado às 7 todos os dias e trabalhado até às 19...Durmo 7 ou 6 horas...Sim é motivo para ficar cansada, mas não como estive ontem...Ontem estive mesmo do pior...Eu queria ir buscar uma coisa, chegava ao respectivo sitio e esquecia-me do que fui buscar...Eu tentava ensinar e estava a bloquear, eu tentava abrir os olhos e não conseguia...concentração zero..Enfim foi mesmo para esquecer, de tal modo que hoje tive de dormir até mais tarde! Só que isto chateia-me, porque eu sei que devia aguentar melhor todo este stress, mas que aquele ano foi de tal maneira intenso que nunca mais fui a mesma...Enfim loucuras de estudantes! E vocês também tiveram excessos como este?

27 comentários:

  1. Não...sempre precisei de dormir 8h pelo menos...na universidade acordava cedo, estudava, trabalhava de manhã até às 13h...ia para as aulas que começavam às 15h e só saia da universidade quando já passavam das 20h...era sempre a correr!!!
    Mas estou bem melhor agora, que só trabalho...só me dedico a isto!!! :)

    Força linda :)

    ResponderEliminar
  2. Eu, o ano passado, dormia sempre 6 horas. Este ano durmo um pouco mais mas em épocas de exames (quando estou mais cansado) é quando tenho tendência a dormir menos, o ano passado fui fazer um exame e só tinha dormido unas 2 horas (não e muito bom, eu sei) mas ate tive boa nota :P
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  3. "elas não matam mas moem"... por mais que queiramos o sono nunca mais volta a ser igual, é uma coisa muito fácil de desastibilisar...
    beijos

    ResponderEliminar
  4. Eu tive esse excesso sim, e devo dizer que me dei muito mal. Andei na faculdade pós laboral, trabalhava das 8h às 17h e depois das 18h às 00h tinha aulas e claro, dormir era coisa rara, fins de semana eram passados a estudar, a fazer trabalhos de grupo ou a trabalhar quando o trabalho era muito e porque não podia ficar até mais tarde durante a semana. O último ano da licenciatura foi feito literalmente de gatas, e realmente nunca mais fui a mesma, não me arrependo de ter tirado o curso, mas garanto que deu cabo de mim, são noites e horas que nunca mais recuperamos. Tenta aproveitar todos os momentos que possas para descansar para não perderes o teu rendimento, e bastante cafeína....lol Bjs

    ResponderEliminar
  5. Nunca! Até porque eu não conseguia estudar depois da meia-noite, já não entrava nada! Só fiz uma directa para um exame prático e no dia seguinte estava a morrer...

    ResponderEliminar
  6. Tive sim. E estou noutra fase dessa.
    Mas na fase em que quebro (e ainda não devia!). Vou ter que esticar a minha corda mais uns dias.

    ResponderEliminar
  7. Bom a fase da licenciatura já lá vai bem longe, mas o mestrado era a loucura completa. Na altura já fazia investigação e estava em simultâneo no mestrado e a verdade é que as horas do dia nunca eram as suficientes.
    Mas apesar de tudo deixar de dormir é que não isso não :) Pode ter acontecido uma ou outra vez mas mais que isso não!!
    Ai de mim quem me tira o sono tira-me automaticamente a capacidade de pensar :(

    ResponderEliminar
  8. Lembro-me que no 3º ano da faculdade fiz tantas directas e dormi tão pouco que decidi que os 4º e 5º anos de curso não podia ser assim. E assim foi: dormia pouco, mas pelo menos não fiz mais directas. Mesmo assim foi bastante duro, também só dormia cerca de 4 horas, e depois de ter acabado o curso demorei imenso tempo para recuperar.

    ResponderEliminar
  9. Nice blog! Follow you ;)

    See my new blog

    elprobadordekim.blogspot.com

    xxx, Almu

    ResponderEliminar
  10. Eu preciso das minhas horas de sono!

    ResponderEliminar
  11. Este meu último ano de mestrado também foi um pouco assim, estava a trabalhar num projecto de investigação e tinha a tese numa área diferente para fazer, mas tudo correu bem e o ano terminou muito bem ;)

    ResponderEliminar
  12. Ai eu ando a precisar de dormir mais :S

    Mas ao fim-de-semana, quando posso dormir, acordo às 7h :(

    ResponderEliminar
  13. Cursos com parte prática e teórica... Sim dá em noitadas, a terminar maquetas, cartazes, memórias descritivas... Tive umas quantas...
    Mas já a trabalhar, também fiz algumas, neste caso é que fico doente, porque as noitadas não eram porque deixava as coisas para cima da data, mas sim por má gerência do tempo de quem estava a comandar o barco... Aí, ficava possessa quando tinha de trabalhar até tarde, até porque horas extra, apenas numa empresa recebi!

    ResponderEliminar
  14. Olha eu quando andava na faculdade ficava sempre acordada até às tantas... Mas de manhã, como não estava a trabalhar (e ainda não estou) acabava por dormir e compensar.

    Toda a gente ficava com a ideia que eu dormia muito... Pois era até ao 12h sempre.
    Mas esqueciam-se que eu estava acordada até as 5 da manhã e isso fazia um total de 7hrs de sono.. Nada por aí além =)

    Directas nunca tive que fazer e lá está, como não tinha trabalho, tinha muito mais tempo para me dedicar a tudo...

    Beijocas

    ResponderEliminar
  15. Uma pessoa não é de ferro!
    Eu também com o mestrado tenho puxado muito a corda mas temos de pensar na nossa saúde,
    ao ultrapassar os nossos limites, a nossa produtividade vai baixar e é algo que temos de ter em conta!

    As melhoras para o stress do dia a dia!

    http://glamourinabottle.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  16. Eu acho que devia dormir mais, também... Só que à noite não me apetece dormir! E depois é ver-me a tentar acordar...

    ResponderEliminar
  17. Também já as fiz e já sofri as consequências. Sei que por vezes os dias são muito curtos mas evita, só faz mal à saúde.
    ***

    ResponderEliminar
  18. já me aconteceu durante o meu primeiro emprego...andava também assim, sempre exausta, foi horrível...

    Tenta descansar mais***

    ResponderEliminar
  19. sim querida,aconteceu...tanto que desde essa altura que sofro de insónias devida à ansiedade que fui exposta...é muito complicado, agora também preciso de dormir mais do que os outros...tem calma.**

    ResponderEliminar
  20. Tal como o teu curso, também o meu foi bastante exaustivo nos últimos anos!
    Também dormia muito pouco, mas apesar de me andar a arrastar durante os dias, acabava sempre por me deitar tarde, pois ficava a trabalhar!
    Agora que já acabei o curso e que trabalho consigo dormir mais horitas por noite, mas mesmo assim há dias em que me deito mais tarde e que me sinto exausta!
    Beijinho**

    ResponderEliminar
  21. Também já me aconteceu, por motivos de trabalho, uma pessoa fica esgotada!
    :-))

    ResponderEliminar
  22. Pois, eu esta semana também andei a dormir menos bem, e o resultado foi que ontem deitei-me às 17 e só acordei hoje de manhã :P Mas já estou bem melhor ;) Precisas de fazer o mesmo :P

    Beijinhos :D

    ResponderEliminar
  23. de vez em quando tem de se fazer essas loucuras, mas não se pode fazer disso hábito porque não é mesmo nada saudável...

    ResponderEliminar
  24. Tive um ano assim parecido com o teu. Foi no ultimo ano da faculdade estava grávida e saía da faculdade a correr para o trabalho, saía de casa por voltas das 7:30 e entrava novamente em casa à meia noite, não dormia quase nada e foi tão stressante que o puto nasceu com os sonos todos trocados. Que maluquice. Mas queria mesmo muito terminar o curso. E terminei.
    Por vezes é necessário fazer destas maluquices para atingirmos os nossos objectivos.

    ResponderEliminar
  25. Disseram-me uma frase esta semana que se aplica a essa situação "nós nem imaginamos o que somos capaz de fazer, até que o tenhamos de fazer"...

    ResponderEliminar
  26. Υour гeрort pгoѵideѕ verifieԁ beneficіal to myself.
    It’s extremely informative аnd you're simply certainly really well-informed in this field. You get exposed my own sight to numerous views on this specific matter along with intriguing and reliable content material.

    Stop by my weblog phentermine
    Here is my blog : phentermine

    ResponderEliminar
  27. Youг oωn аrtіcle features eѕtablishеd uѕeful to us.
    It’s very useful and уou're simply certainly really knowledgeable in this field. You have opened my eyes for you to varying thoughts about this specific topic with interesting and reliable written content.

    Also visit my page ... Valium
    Here is my web blog - buy Valium

    ResponderEliminar