31/01/2013

Emigrar? Como?


Já vos disse várias vezes que não imagino o meu futuro por terras Portuguesas, pelo menos não para já. Claro que nunca digo nunca, pode aparecer uma oportunidade pra lá de espectacular e ficar por cá mesmo, mas nos dias que correm, sinto que não evoluo grande coisa ficando por cá. Por isso mesmo sempre pesquisei bastante na net empregos no estrangeiro, tenho várias paginas de facebook dedicadas a isso mesmo que costumo visitar, mas mesmo assim parece-me muito vago....Tenho visto também as várias bolsas destinadas a apoiar doutoramentos e investigações fora do país e tenho algumas debaixo de olho, embora agora eu quisesse mesmo era exercer a profissão! Não tenho um destino em concreto pensado, é onde existir oportunidades para mim. Pode ser no Dubai (sim não deixei de considerar o Dubai), Inglaterra, EUA, ou até mesmo a conxixina! 
Só que eu tenho uma característica (não sei se boa se não) em querer as coisas todas pensadinhas e organizadinhas e não gostar de me meter em aventuras. Era incapaz de pegar em poupanças e meter-me num avião à descoberta, havendo a grande possibilidade de ficar rapidamente sem dinheiro, sem trabalho e mais desmotivada ainda. Acho que com a vaga de emigração nos dias de hoje não dá pra ir assim à aventura sem ter uma mínima base sólida, e eu apesar de querer emigrar, nestas condições era incapaz de o fazer.
Ora agora que a tese está nos preparativos finais, ando a pensar cada vez mais nisso, mas a informação é tanta tanta que não sei para onde me virar. Sei que uma boa parte de quem me segue está emigrado, e por isso gostava de ter uma opinião vossa sobre o tema, e de todos aqueles que acham que me podem ajudar.
Quando uma pessoa quer emigrar, qual o primeiro passo a tomar? O que se deve fazer? Enviar currículos para empresas estrangeiras chega? Que mais valias podemos ter no nosso curriculo que nos ajudarão mais facilmente a encontrar emprego no estrangeiro?
Se alguém quiser partilhar comigo a sua própria historia ou dar conselhos assim mais pessoais ou extensos, podem fazê-lo por mail, mas gostava mesmo da vossa ajuda! Sinto-me um bocado perdida neste tema!

52 comentários:

  1. desculpa não poder ajudar :S eu cá penso ao contrário de ti...só em último recurso é que iria para o estrangeiro...Portugal é o meu país e por mais mal que as coisas estejam há sempre boa gente!!! Alem disso sou uma pessoa que tem orgulho de Portugal, por tudo aquilo que possui!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas atenção que eu querer ir para fora não significa que não tenho orgulho no meu país ;) Tenho muito orgulho, só acho que não consigo progredir cá no momento, e preciso mesmo de sair e vivenciar coisas novas ;)

      Eliminar
    2. Eu concordo com a Orquídea, muito dificilmente saía do país. Mas muita força nessa tua decisão! :)

      Eliminar
    3. Infelizmente ou não, é por culpa de pessoas que governam o nosso país que muitas pessoas emigram. No meu caso foi opcional e até mesmo divertido. Mas acredito que muitos sejam obrigados a sair por razões óbvios. Não quer isso dizer que o pessoal emigrante não goste do seu país. Muito pelo contrário, sou a primeira a falar e a defender o meu país aqui em Inglaterra, para que todos percebem que apesar dos serviços nem tudo é mau.

      Eliminar
  2. Questiono-me exactamente sobre o mesmo! Em portugal também não estou a ver grande futuro na minha área e por isso estou a pensar ir para o Brasil tirar mestrado em Zoologia (visto que não existe cá) e quem sabe trabalhar por lá!

    ResponderEliminar
  3. Eu nunca quis ir para fora e continuo a pensar na mesma, não conseguia viver sozinha longe de tudo, acho que voltava ao fim de pouco tempo! Mas apoio quem tem essa força e quer isso para a sua vida! Força e espero que consigas o que queres!

    ResponderEliminar
  4. Eu quando fui para fora, inscrevi-me primeiro numa empresa de recrutamento (que era espanhola) para estar minimamente segura. Fiz entrevista pelo skype, tratei dos documentos todos e enviei via email. Recebi confirmações e só depois de já lá estar é que assinei contrato. Falei com pessoas que já lá tinham estado antes para saber se era seguro ou não. Mas na área da saúde penso que seja mais fácil todo o processo porque já há muitas empresas a recrutar.

    ResponderEliminar
  5. Podes sempre inscrever-te em empresas de recrutamento, mandas para lá o teu cv e eles tratam de arranjar entrevistas. Quando o meu marido decidiu vir para cá, a empresa tratou de arranjar um apartamento onde ele ficar durante o primeiro mês, para durante esse tempo ele procurar uma casa para ele.
    Em muitos sítios, o facto de se falar mais que uma língua é óptimo, uma vez que há cada vez mais negócios entre países diferentes. E uma coisa que aprendi cá, é colocares todas as tuas qualificações no CV (em Portugal às vezes queixam-se de "terem qualificações a mais").

    ResponderEliminar
  6. Penso que, pelo menos na minha opinião acho bastante importante, deves ter no curriculum uma formaçãozinha, pelo menos no Inglês (a língua universal)! Já aconteceu a colegas meus com mais experiência serem ultrapassados por um com menos lá fora, exactamente derivado a esse pormenor!

    Eu penso muito no assunto, também! Infelizmente, hoje em dia, e com a crise que atravessamos, todos nós, jovens, temos de pensar no futuro fora daqui, o que me deixa realmente triste!

    Espero ter ajudado! Não posso dizer-te muito mais, porque também não sei hehe :P

    Um beijinho,
    GIVEAWAY - 1st Blog Anniversary & PAMPA MIA

    ResponderEliminar
  7. Será que depois poderias fazer um post dedicado aos conselhos que foste obtendo, penso que este é um tema que interessa a muitas pessoas actualmente mas que tal como tu não sabem bem por onde começar e o que fazer, porque não se querem atirar de cabeça e depois parti-la tal como explicas...

    Beijinhos sweet *

    ResponderEliminar
  8. Eu não tenho ideias de emigrar e acho que não conseguia ir mas se fosse tinha que ser já com pelo menos um trabalho garantido, nunca conseguiria ir à aventura.

    Há agências que tratam dessas questões todas acho eu e o centro de emprego também costuma ter ofertas de emprego no estrangeiro.

    ResponderEliminar
  9. Olá,
    A minhã irmã não desistiu da ideia do Dubai. Como não lhe disseram mais nada, ela acha que uma mais valia que a pode diferencia de outros candidatos (ela ficou nos 30 finais seleccionados) é experiencia em trabalhar no estrangeiro. Como tal decidiu ir para Inglaterra. Inscreveu-se em vários sites e já recebeu alguns convites para ir a entrevistas lá. Como tem lá uma amiga, vai agora em Fevereiro, fica com a amiga nos primeiros tempos e vai às entrevistas.
    Não sei se vai correr bem, espero sinceramente que sim, mas ficar aqui parada também não lhe resolvia nada.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  10. Eu não serei boa conselheira nesse aspeto, porque sempre quis ficar por Portugal, por razões familiares e sentimentais :)

    http://semjeitonenhum.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  11. Olá linda, oh é realmente uma decisão difícil, eu não te posso ajudar mas espero que tudo corra bem :)

    beijinhooo

    ResponderEliminar
  12. Eu tenho uma amiga/conhecida que se inscreveu numa empresa de emprego temporario e neste momento está a trabalhar em inglaterra.. Ela é tecnica de anatomia patologica bla bla bla (não sei muito bem o nome) e a unica maneira que encontrou foi mesmo essa agencia de trabalho temporario..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,

      Será que me poderias dizer o nome dessa agência, e que o meu namorado também é técnico de anatomia e esta a procura e assim já era uma ajuda.

      Obrigada

      Eliminar
  13. acho que para emigrar pelo o menos devemos saber a lingua do pais ou então saber falar inglês,também acho que ter amigos ou familiares nesse pais poderá ajudar em alguns aspectos x Eu tambem tenho pensado bastante emigrar mas primeiro pretendo ir para a faculdade e quando acabar o meu curso,logo vejo o que faço e como corre.Pode ser que daqui a 3 ou 4 anos as coisas melhoram x

    ResponderEliminar
  14. Eu também gostava de emigrar, mas tal como tu não o quero fazer assim à descoberta e sem emprego e é díficil sem conhecer ninguém conseguir um emprego num país estrangeiro. Sei que segues alguns siites por isso já deves conhecer o Eures que tem empregos nos vários pontos da europa, no site do IEFP também existem várias oportunidades para fora de Portugal, embora sejam mais para enfermeiros e Engenheiros mas de vez em quando aparecem outras ofertas e na Netempregos também existe uma secção com as ofertas internacionais.
    Espero ter-te ajudado nalguma coisa. ;)

    bjs e boa sorte.

    ResponderEliminar
  15. Também me apetece muito fazer a malinha!

    ResponderEliminar
  16. Isso tem de ser muito bem ponderado,bjinhos

    ResponderEliminar
  17. Exacto, há tanta coisa que uma pessoa não sabe para onde se virar, e parece que toda a gente sabe exactamente o que fazer menos eu, afinal já somos pelo menos duas à toa \o/

    ResponderEliminar
  18. Visita o meu blog, vendo diversas coisas úteis e a bom preço.
    Obrigado.
    Vou seguir o teu blog :)

    ResponderEliminar
  19. Eu se algum dia escolher esse caminho sem dúvida que as coisas terão mesmo que ser muito bem pensadas!!

    ResponderEliminar
  20. Olha eu e o Pedro pensamos várias vezes em ir trabalhar para o estrangeiro, nomeadamente para o Reino Unido. No nosso caso optámos por contactar a embaixada e o Ministério da Saúde de lá, mas no teu caso seria diferente porque irias trabalhar para empresas privadas (no nosso caso nós vamos mesmo trabalhar para a saúde, que é um serviço público)... Desculpa não te poder ajudar mais :/

    Beijinhos! :D

    ResponderEliminar
  21. Eu inscrevi-me numa agência na minha cidade, acabei por ser chamada, mas se te fores inscrever tens que antes procurar saber a credibilidade dela, é importante :)

    ResponderEliminar
  22. Eu não posso ajudar muito mas espero que consigas boas informações :)

    ResponderEliminar
  23. Gostei muito do teu post, tenho as mesmas questões que tu! Eu se arranjar oportunidade, vou-me embora sem olhar para trás! Acho que devemos agarrar as oportunidades e não ficarmos presos num país que não evolui e parece que nem quer evoluir...

    http://chocopink89.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  24. Fazes-me lembrar uma menina que eu conheci há uns anos atrás...eu própria! Quando estava a terminar a licenciatura também queria era ir por esse mundo fora, emigrar é que era! Entretanto, tive uma péssima experiência, precisamente por não planear bem as coisas e ir assim meia às cegas, e isso marcou-me de tal forma que durante um bom tempo não queria sequer ouvir falar da possibilidade de ter de ir trabalhar para fora novamente... Mas agora voltei a ponderar essa hipótese, visto que as coisas não estão nada fáceis por cá, tenho trabalho mas não me sinto realizada e, ou as coisas mudam muito, ou então, a médio prazo, terei de sair do país... Mas não é uma decisão fácil e será sempre o meu último recurso.
    Tudo isto para te dizer para pensares bem e planeares bem. Emigrar não é fácil, custa, não é uma decisão para encarar de ânimo leve. Mas tenho a certeza que valerá a pena.
    Boa sorte!

    ResponderEliminar
  25. eu não me consigo imaginar fora daqui, mas espero que corra tudo pelo melhor contigo...mas não sei mesmo como te hei-de ajudar!!

    ResponderEliminar
  26. Ora bem. Falando um bocadinho da minha experiência. Eu e o meu namorado começamos por procurar no Eures, fomos a feiras de emprego, procuramos empresas para mandar os CV's.
    Aquilo que se deve por ou não no CV depende do país. No Eures podes encontrar informação (http://portal.iefp.pt/portal/page?_pageid=257,139086&_dad=gov_portal_iefp&_schema=GOV_PORTAL_IEFP). Em relação a teres que saber a lingua do país para onde vais é relativo, por exemplo, aqui na Noruega basta-nos saber o inglês.
    Procura informação sobre os países para onde não te importas de ir, por exemplo, salários médios, preços das coisas, sociedade.
    No caso de conseguires um contrato, lê-o bem, tira todas as duvidas e nunca vás sem garantias de nada. Normalmente quando as empresas vão buscar pessoas estrangeiras ajudam na mudança e esta ajuda pode ser feita de várias formas.

    Espero ter ajudado. Mais alguma coisa que queiras saber pergunta que se eu souber digo. :)

    Não é fácil emigrar, deixar tudo para trás, convém teres mesmo certeza que é isso que queres.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  27. Eu também penso bastante em emigrar, visto que em Portugal parece que não há oportunidades. Mas primeiro quero ter, pelo menos, uma licenciatura. Desculpa não te poder ajudar. Também acho que só deves ir se tiveres tudo muito bem planeado e teres a certeza que é seguro. Boa sorte*

    ResponderEliminar
  28. Eu pensei nisso, mas rapidamente coloquei de lado, só mesmo num ultimissimo recurso, gosto muito deste calhau no meio do oceano, que é também onde está a familia, e essa seria a coisa que mais me custaria a deixar para trás. Mas isto tem haver com a minha maneira de ser.
    Já a minha irmã pensa em emigrar (quando acabar o curso), pois o namorado dela está na escócia, é eng. electrotecnico, no caso dele, enviou curriculos, e a coisa já estava certa quando ele foi para lá.
    E eu penso como tu, se tivesse de sair teria de estar tudo bem programadinho, não sou pessoa de me aventurar com essas coisas. Beijinhos

    ResponderEliminar
  29. tens um desafio no meu blogue querida ;) http://entrechavenasdecha.blogspot.pt/2013/01/desafio-de-fevereiro-28-perguntas-e_31.html

    ResponderEliminar
  30. Deixo-te uma página do facebook:
    https://www.facebook.com/ComoEmigrar

    ResponderEliminar
  31. Não posso ajudar mas se te aventurares espero que corra muito bem :D

    ResponderEliminar
  32. também quero ir. para onde quer que seja.
    até eu que nunca ponderei essa hipótese agora é cada vez mais uma certeza na minha cabeça
    bjs*

    ResponderEliminar
  33. olá querida. Olha a minha família quase toda emigrante, incluindo os meus pais, agora a minha mãe e irmãos e eu estamos cá em portugal, mas eu acabei o meu curso no ano passado e desde Setembro que procuro emprego. Então inscrevi-me no centro de emprego, para arranjar aqui ou no estrangeiro, até agora nada!
    Inscrevi-me aqui e ali em pequenas empresas aqui na zona, até agora nada, depois o meu pai aconselhou me a procurar agências de trabalho temporário. Eu inscrevi-me em algumas, tais como a Adecco, Randstad [e outra que não me estou a lembrar do nome :|], nessas agências quando estás a ser "entrevistada" pela recrutadora, podes pedir para o estrangeiro também.
    Ora o meu pai trabalha no Luxemburgo, mas já trabalhou por muitos países da Europa, daí conhecer certos lugares. Eu se não arranjar emprego até finais de Março. Vou para a suíça durante uns três dias tentar algo. Nem que seja noutra área para começar. Porque o mal de muitos portugueses, é acabarem a formação e quererem logo um trabalho de luxo. A mim sempre me ensinaram a começar por baixo e ter muita paciência. Ou seja, a minha área é informática, mas se conseguir trabalho num hotel, ou algo do género aceito..
    Agora um conselho que te posso dar:
    Inscreve-te em agências de trabalho temporário, de certo que há na tua zona alguma. Procura na internet, liga. Se entretanto poderes tirar mini cursos de francês, inglês ou alemão italiano, é muito bom porque tens mais chances.. se tiveres familiares em algum país e confiança neles vais uns 5 dias e informas-te pessoalmente.. Ás vezes mais vale lá ir do que não :|
    Não sei como ajudar mais, acho que fiz aqui um testamento que acho que não vais ler :$$ mas contudo deixo -te aqui uns links de algumas agências que eu sei que são de confiança.

    http://www.adecco.pt/

    http://www.randstad.pt/pt-PT/home.aspx


    beijinhos espero ter ajudado algo.
    Mas não te esqueças que emigrar é difícil, requer muita coragem, força mental e sobretudo ter em mente que é por um futuro melhor para ti, que os outros tem a vida feita e vao estar cá sempre para te receber.


    ha e esqueci me de dizer que há países, frança suuíça, que podes ficar em quartos sociais, são limpos, na maioria são de graça ou então pagas 5 ou 10€ por dia, nao sei bem...


    Força beijinho, Marlene Ribeiro

    ResponderEliminar
  34. Não te sei ajudar nesses questões todas, mas que também não iria para um país estrangeiro sem nada certo, isso não.

    ResponderEliminar
  35. Emigrei há uns meses e queria deixar uma palavra de motivação a todos a pelo menos tentarem fazer o mesmo se nao se sentirem bem como estāo. Deixo também aqui dois links que têm algumas opiniões sobre a emigação:


    A "vaga de emigração": boa ou má para Portugal?: http://colisor.blogspot.com/2013/01/a-vaga-de-emigracao-boa-ou-ma-para.html

    Emigrar é também... um acto Revolucionário: http://colisor.blogspot.com/2013/01/emigrar-e-tambem-um-acto-revolucionario.html

    ResponderEliminar
  36. A página dp Eures é realmente boa para essa questão...
    Eu tive a sorte de ter vindo para a Bélgica ainda adolescente com os meus pais. Eles regressaram e eu fiquei. Conheci cá o pai dos meus dois filhos e por cá vivi 15 anos. Voltei a portugal onde estive 5 anos e agora estou cá de volta.
    A facilidade que ganhei foi: a nacionalidade belga, o facto de saber as linguas de cá (Holandês e francês - isto fora o Inglês que desenvolvi também). E não tive, com essas facilidades todas em arranjar trabalho cá. Já o meu marido... é outra história. Ele tem canudo de arquitecto mas, como não sabe o Holandês isso dificulta imenso o ele arranjar trabalho. Mas o facto do não desisir ajuda e claro, o facto de eu ter estas facilidades todas que disse anteriormente of course!

    Não desistas e corre atrás dos teus sonhos. A vida é em si uma grande aventura ღ

    ResponderEliminar
  37. Sinceramente não te consigo ajudar nisso e pensarei sempre em último recurso emigrar, porque na realidade não me vejo fora do meu pais, longe dos que mais amo. São personalidades diferentes, mas fazes bem em pesquisar novas oportunidades :)

    ResponderEliminar
  38. Nunca pus essa hipótese, deixar o meu canto, as minhas raizes, a pouca familia que me resta, e sinto tanta pena que tanta gente tenha de emigrar...custa-me mesmo...mas cada um sabe de si, e se lá fora tiveres uma boa oportunidade, força! Mas que é preciso muita coragem lá isso é...Boa sorte para as pesquisas;)

    Beijinhos***********

    ResponderEliminar
  39. Concorri na semana passada para Inglaterra! E sou daquelas super agarradas à casa dos papás e isso tudo... Não me estou a imaginar a abandonar tudo, mas se tiver que ser... Há momentos que sentimos que não estamos a evoluir nada e sinceramente tenho dias que me sinto a andar para trás. Só pondero ir no sentido de ganhar novas experiências pq o meu objetivo será sempre fazer alguma coisa pelo meu país...

    Beijooo

    ResponderEliminar
  40. Não te posso dizer muito mais do que já foi dito. É um risco que se corre ao recorreres à internet? Sem dúvida, mas antes de ir seja para onde fores, conheces as pessoas via video-chamada :) Mas contractos? Só são assinados no momento... Tu sabes perfeitamente como é que a minha vinda começou... e de momento tenciono mudar para um terceiro trabalho. Nem tudo é mau, é preciso é muita paciência e empenho :) tudo se consegue. Se precisares de ajuda contacta-me boneca. Beijinho ;)

    ResponderEliminar
  41. Olha, para começar, esquece as coisas organizadas e muito bem pensadas porque nada acaba por acontecer como planeamos (experiencia na primeira pessoa), por isso isso conta com mts altos e baixos e mts lagrimas, mas tb bastante alegria qd as coisas finalmente começarem a dar certo.

    Em relaçao às questões mais práticas da coisa, eu não sou da tua área profissional, por isso não sei se no UK há mercado de trabalho para ti. No entanto, acho de louvar a tua vontade em fazer mais por ti e por um futUro/carreira que desejas.

    Como já foi dito, existem imeensas empresas de recrutamento cá (podes tentar por ai), existem tb imensos sites de procura de emprego k sao mt bons (sinceramente nao gosto do eures). Basta pores no google jobs in london ou jobs in the uk que aparecem lg imensos.

    Deves ter que reconhecer oficialmente as tuas habilitaçoes. Existe o uk naric onde podes fazer isso (é so seguir os passos e já está). Pode ser k existe alguma organização especialmente dedicada á tua área (provavelmente existe pk neste país há organizações/associações para tf) e podes pedir informações lá.

    Enfim, há toda uma série de coisas que tens que fazer anres de por pés ao caminho. Estar fora do país, sozinho e sem conhecer ninguém não é a maravilha que mts xs se pinta. Há que pensar bem e medir as consequências. Mas no fim, se tudo correr bem, vale o sacrificio.

    Espero que tenhas sorte

    Bj

    ResponderEliminar
  42. Os portugueses mais facilmente emigram para a China do que procuram trabalho na cidade ao lado.Há muitas empresas no Dão,na a´rea de vinhos por exemplo que precisam de genta qualificada par os laboratórios e não conseguem ter ninguém...pois não é na cidade e não é "fashion". Londres é que é, nem que seja viver num quarto e a viver mal. Mas aí é a trabalhar para "senhores estrangeiros"...

    ResponderEliminar
  43. Decide what you want in terms of features, processing power,
    memory and hard drive capacity, never forgetting graphics cards, size and
    quality of display and the weight and battery life.
    Here are just a few examples of the kinds of meditation we can experience:.
    Sources demonstrate that this newly designed solution designed
    to offer a streamlined framework for enterprises to unfurl mobile apps for Blackberry Play - Book tablet users within the organization.


    my homepage blackberry playbook review

    ResponderEliminar
  44. There is some great anti-virus and security software for Android and many address the two issues in
    one. 0 Ice Cream Sandwich is about to be released in Korea and Japan.
    The previous two handsets being the Samsung Nexus and the Nexus One.



    My webpage :: samsung s3

    ResponderEliminar
  45. 6 IS USM Lens for Canon EOS SLR Cameras is
    a high priced lens, however this is for good reasons.
    Red lights can be tricky but can be made to look
    good if you're careful. The DIGIC II processor lets you shoot up to 4 frames per second, and will produce prints that are large enough for almost any purpose.

    Take a look at my homepage canon eos 6d

    ResponderEliminar