31/01/2014

AGAIN!



Em tempo de crise ter trabalho é uma relíquia e quando se tem trabalho tem de se cuidar muito bem dele. Eu devo ter algum tipo de bruxedo que faz com que escolha sempre os namorados que têm de ir embora. Primeiro o falecido, agora o meu amor. As duas situações são bem distintas mas mesmo assim ambas envolvem distancia e claro, a situação actual faz-me lembrar pelo que passei e pelo que pedi para nunca mais passar. Mas claro lá vem a distancia novamente. 
Trabalhar para uma grande empresa que faz renovação de lojas um pouco por todo o país tem destas coisas. Agora chamaram o namorado para comandar as obras num grande estabelecimento comercial no Alentejo. Ainda não sabemos mais nada, hoje é a reunião com o big boss em que vão ver os pormenores. Pode ser alto Alentejo, pode ser baixo...Ele acredita que deva ser 3/4 semanas mas isso a mim parece-me uma eternidade! Ainda mais depois do que passei! Claro que Alentejo é já ali, vem durante os fins de semana a casa e a estadia vai ser curta mas em começo de namoro, aquela altura em que queremos e precisamos de passar o maior tempo possivel com a outra pessoa não é de todo uma boa altura para ele ir! E depois claro mais uma vez vos digo, a minha cabeça vai LOGO instalar-se naquela situação em que estive durante alguns meses...
Acho que o que mais me surpreendeu nesta historia toda foi o namorado me dizer que eu sou mais importante que aquele trabalho e que se for durante muito tempo ele não vai aceitar. Nunca me tinham dito tal coisa, nem mesmo alguém com quem se namora 6 anos...Claro que me senti a pessoa mais sortuda do mundo, por ter alguém que realmente se preocupa mas depressa o tentei demover dessa decisão e lhe tentei ver que não estamos em tempos de dizer não a trabalho!
Um mês passa depressa, nem se dá por ele e abrirá as portas para outras obras desta vez no Algarve...Mas pronto isto são só suposições só esta tarde saberei bem das coisas depois conto-vos!

20 comentários:

  1. Vais ver que vai ser completamente diferente da outra vez!!!!!
    E parece-me que vão matar bem as saudades a cada fim de semana...

    ResponderEliminar
  2. Compreendo que deva ser difícil depois de tudo o que passaste, mas há situações, sobretudo quando relacionadas com emprego, que temos de saber aceitar e enfrentar. Vai ser assim ao longo da vida. Eu namoro há quase 6 anos, e o último ano e tal foi passado a kms de distância, apenas recompensado aos fins de semana. Se foi fácil? Claro que não. Mas sei que foi por uma boa causa, que teve de ser e que foi uma provação pela qual passamos com distinção e que nos fez crescer, creio.

    Tenta desligar-te do passado, porque já tens provas de que o teu novo namorado não é, de todo, o teu "falecido" :) beijinho e boa sorte

    ResponderEliminar
  3. Eu sei que a tendência é comparar, mas não me parece que tenha alguma coisa a ver. Ele parece diferente do "falecido" e o Alentejo é logo aí ao lado. Vais ver que vai correr tudo bem, até vão aproveitar melhor os fins de semana.
    Bj e Boa Sorte

    ResponderEliminar
  4. Tenho a certeza que vão ultrapassar isto na boa, mesmo que ele aceite e creio que deve aceitar, afinal é trabalho. Tens de o apoiar nisso! Tenho a certeza que o vosso amor vai lidar muito bem com esta...ausência...para além de que depois vem...o matar as saudades, que será maravilhoso, não achas? :)

    ResponderEliminar
  5. Vai correr tudo bem, vais ver! :)
    Ele deve ser mesmo especial, para te ter dito o que disse, mas apoia-o e vais ver que o tempo passa a voar!
    Um beijo enorme e muita força*

    ResponderEliminar
  6. Acho que são situações completamente diferentes. :)
    Não o deixes desistir do trabalho por ti, porque um dia poderá atirar-te isso à cara. Nunca se sabe o futuro. e é como dizes, é perto, podem estar juntos ao fim-de-semana.
    Pensa positivo, chuta para longe más vibrações.
    beijos ;)

    ResponderEliminar
  7. Tudo é diferente. É muito chato, mas é "pouco" tempo. Não te preocupes nem agoires... O namorado da minha melhor amiga trabalhou em Londres durante 1 ano e vinha ao fim-de-semana e tudo correu bem para eles. Até podes ir ter com o teu namorado ao Alentejo e passarem uns dias juntos, não? Vê as coisas pelo lado positivo e não faças comparações.. ***

    ResponderEliminar
  8. É como disseste, um mês passa num instante :)

    ResponderEliminar
  9. Boas. adorei o seu blog. estou a segui-la!!!
    beijinhos,
    MónicaP
    p.s: deixo o meu mais recente blog se puder seguir-me ficarei grata <3

    Manchas de Batom

    ResponderEliminar
  10. Percebo-te bem! Se te lembras do meu antigo blog, também lá contei que namorava há pouco tempo e o namorado teve de ir fazer um trabalho perto de Lisboa (somos de Aveiro). Ficou lá 2 semanas seguidas e eu morria de saudades! Agora surgiu uma hipótese de ele ter de ir fazer um trabalho a Angola que demorará cerca de um mês e meio, mas já se sabe como são as coisas e podem demorar mais do que o previsto, e eu já tenho suores frios só de pensar nisso!
    Além disso, no início do nosso namoro os pais dele estavam a ponderar "levar" a empresa deles para Angola e irem viver para lá, com o filho. Ele primeiro disse-me que eu iria com eles, ia trabalhar na empresa dos pais dele e que poderíamos vir a Portugal praí de 3 em 3 meses. Depois acabou por me dizer "se eles forem eu não vou. és tudo para mim, não te quero perder. és a única coisa que importa na minha vida e eu só quero ficar contigo. se eles quiserem ir, nós ficamos aqui e fazemos a nossa vida juntos". E eu fiquei toda derretida, é claro! Essa situação ainda não se realizou, mas não sei se um dia os pais dele não irão mesmo para lá...

    ResponderEliminar
  11. Miuda a distancia custa muito eu no incio de Namoro tinhamos um Oceano inteirinho a separar-nos nao foi facil mas nao desistimos, e faz bem aproveitar as oportunidades de trabalho, e o skype ajuda imenso, e quem sabe se tu nao vais la passar uma ou outra semana :-)
    bjinhos boa semana e nada de minhoquinhas na cabeça

    ResponderEliminar
  12. Apesar de ser bonito o que ele te disse, ninguém se pode dar ao luxo dizer não a uma oportunidade de trabalho. E pensa, é melhor que esteja cá em Portugal do que tenha de emigrar né?

    ResponderEliminar
  13. É de facto um gesto de amor! Não tenhas dúvidas... E sim, um trabalho é muito importante mas a vida é feita de várias coisas e o amor será sempre das mais importantes. Portanto o que desejo é que tudo de forma a poderem conciliar tudo os dois... Porque por um amor assim vale a pena chegar a um caminho que result para os dois! Com calma chegam a um lugar comum de certeza...

    ResponderEliminar
  14. o meu namorado também trabalha longe e não é por isso que as coisas não correm bem.tendo em conta que ele vai a casa todos os fins de semana não é muito mau e a verdade é que hoje em dia não podemos mesmo desperdiçar uma oportunidade de trabalho.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Embora perceba o teu medo, nada de stresses Pretty! O meu Alentejo fica a um passinho do teu Algarve! Vai tudo correr bem!

    ResponderEliminar
  16. Um mês passa rápido e podem sempre estar juntos uma vez ou outra. Eu sei que estás "traumatizada" mas pensa que agora é diferente e tudo vai correr bem vais ver :) Eu vou ficar 3 meses longe do meu e também te digo estou a morrer de medo, mas confio em nós e pensamento positivo, o tempo passa rápido. Boa sorte

    ResponderEliminar
  17. É normal estares assim, mas não fiques mal. Passa rápido, é mais perto e como vês, já te deu mais uma prova de amor =)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  18. Sim há que preservar o trabalho numa altura destas tão difícil e 1 mês passa num instantinho, além disso e tenho por experiência própria, quando se ama como vocês se amam, vai aproximar-vos ainda mais. Beijinho e muita força :)

    ResponderEliminar
  19. No teu lugar ia ter o mesmo medo :/
    Mas a mim parece-me que podes confiar nele e ainda por cima vais vê-lo todos os fins de semana :D
    Vai correr tudo bem!

    ResponderEliminar
  20. A distância atrapalha sempre tudo! no meu caso o meu namorado foi já no ano passado para Londres e eu, apesar de ter lá ido com ele nos primeiros dias, tive que voltar e ficar cá. É sempre complicado, ele cá e eu lá mas tem que ser.
    No teu caso vai correr tudo bem, vais ver! Não penses demasiado no passado, o que passou lá vou. As circunstâncias são diferentes e a pessoa também. É normal ter sempre receio, eu acho, mas tudo vai correr bem!

    Eu raramente te comento, eu sei, mas gosto muito de vir cá de vez em quando ler o teu blogue! :)

    ResponderEliminar