04/11/2014

Pretty in Pink em viagem #1



Quando fiz aquele post em que falei da minha futura viagem a Londres surgiram algumas perguntas sobre Hoteis/bilhetes de avião/ sítios a visitar e por isso decidi fazer uns posts em que falo da minha experiência em planear viagens (em particular esta) dando dicas do que para mim costuma correr bem. 
Primeiro que tudo queria que tivessem noção que uma viagem pode sair cara. Um fim de semana fora pode custar um ordenado mínimo ou mais mas se for pensado antecipadamente custa muito menos. Tudo depende da nossa organização e gestão das coisas!
Começando pelo voo/ Hotel. Dependendo do que se quer (viagem mais longa ou mais curta) é sempre bom estar atenta às promoções que as companhias aéreas fazem. É possivel encontrar voos muito baratinhos! Eu por exemplo já consegui voos a 5 euros que dias depois já custavam o quadruplo do preço! 

Desta vez decidi primeiro o sitio onde gostaria de ir: Londres (podia ter-me decido pelo sítio para o qual era possível viajar por menos a partir do aeroporto da terrinha o que sairia ainda mais barato). Tendo em conta que o namorado não pode tirar férias e eu estou dependente de um trabalho que pode aparecer a qualquer momento optei por uma escapadinha de apenas um fim de semana.
Procurei então as datas em que os voos estavam mais baratos (em Janeiro ainda estavam mais baratos mas ai eu não poderia ir) e foi escolhido o primeiro fim de semana de Fevereiro. 
Nesta parte convém ter uma certa certeza que será possivel ir pois a mudança de dia de voo pode custar 4x mais que o bilhete!
Comprar voos com antecedência permite sem duvida os melhores preços. Para além de que ficam logo pagos e é menos uma grande despesa que pesa na carteira.

Em que site comprei os bilhetes?
Existem vários sites que nos dão todas as opções de voos para os dias em que queremos:

 etc;

Primeiro fui ao Edreams e tentei decifrar qual a companhia com melhor preços e horários. Percebi que a Easyjet tinha voo logo cedo pela manhã e que o voo de regresso poderia ser feito ao fim da tarde. Era por isso a melhor opção, que me permitiria aproveitar melhor a minha estadia. MAIS: A easyjet é daquelas companhias que raramente cancela voos o que nos dá um certo nível de garantia que a nossa viagem vai correr bem!
Atenção, cuidado com estes sites que mostram voos de diferentes companhias! Normalmente mostram preços mais baixos dos que a companhia faz, mas quando tentam reservar é vos cobrada uma taxa que deixa os voos tão ou mais caros do que comprados directamente à companhia. Assim sendo sugiro que utilizem estes sites só para ver as companhias que voam para onde querem, comparam preços e depois compram directamente à companhia aérea escolhida. 

Depois do voo comprado há coisas que devem ser tidas em atenção:
- Como vou do aeroporto para o Hotel?
- Compensa alugar carro ou é melhor procurar transfer/transporte público?
- Quero um hotel no centro e pagar um pouco mais ou mais afastado e gastar mais em transportes?

Eu pessoalmente prefiro um hotel mais central e um pouco mais caro mas que me permita gastar menos em transportes e perder menos tempo de um lado para o outro. Ainda mais quando estamos a falar de apenas um fim de semana fora. Irei falar-vos mais tarde sobre a escolha do hotel mas deixo o aviso que esta escolha deve ser feita a par com a escolha de transporte do aeroporto para o Hotel pois existem opções que podem não estar disponíveis para a zona que pretendem, ou podem encontrar outras que sejam bem mais em conta para determinada área.

Voltando ao transporte, como sabem já trabalhei numa empresa de transfers e vi muito turista que não tinha marcado absolutamente nada para chegar ao seu hotel. Chegavam ao aeroporto e muitas das vezes tinham de usar um taxi o que podia leva-los a gastar mais de 100 euros. Se tivessem pensado as coisas com tempo com 15 euros teriam um transporte que os iria levar e buscar à porta do Hotel.
Para não termos surpresas é melhor pensar nisso. Abram a página do aeroporto para onde vão e procurem informação. Muitas das vezes há lá toda a informação necessária.
No meu caso o site do aeroporto não me chegou. Lá apenas encontrei as opções mais caras: Comboio que custaria cerca de 35£ a viagem (fortunaaa!) ou taxi que seria cerca de 90£ para o centro de Londres. 
A sorte é que já lá fui e usei outra opção muuuuito mais em conta A easybus.
É uma companhia de transfers da Easyjet (atenção que podemos usar mesmo tendo viajando noutra companhia) e que nos permitem fazer a mesma viagem por algo como 3£. Tem é de ser marcado com a devida antecedencia! Já viram bem como um pouco de pesquisa vos faz poupar dinheiro? Já vi algumas criticas negativas relativamente a esta companhia (nomeadamente em relação ao pouco espaço que existe nos minibus para por as malas) mas a culpa não é propriamente deles se alguém decidi viajar com 5 malas certo? Para os tipicos viajantes de companhia lowcost que usam só uma malinha é mais que bom e pelo preço que pedem o que é que se pode pedir mais?

 Espero que estas informações tenham sido úteis, são baseadas na minha experiência e claro, o que funciona comigo pode não funcionar convosco. Alguma dica adicional que queiram acrescentar relativamente à escolha de voo? Gostava muito de ouvir a vossa experiência!

11 comentários:

  1. Belo post. Quem está a pensar viajar pode aproveitar.

    ResponderEliminar
  2. Olha, o último vôo que me cancelaram foi da companhia EasyJet, mas porque havia greve... E se eu te disser, que já viajei por 1 Eur? 1 Eur a ida, outro 1 Eur para a volta e mais 1 Eur para as taxas? Ah pois já! =D

    ResponderEliminar
  3. Excelente post, obrigada pela partilha, muito útil :)

    ResponderEliminar
  4. Eu marco as viagens sempre pela TAP, nunca tive queixas.
    Nós aterramos em Heathrow e tinhamos metro para o centro. É prático, económico e rápido :)

    ResponderEliminar